A diversidade de perfis no local de trabalho é uma grande vantagem competitiva para as empresas e organizações. Contudo, pode ser um desafio aproveitar e motivar uma equipa com pontos de vista, ideias, cultura e perspetivas muito distintas. A liderança inclusiva é reconhecida por muitas organizações como a chave para a sustentabilidade dos negócios e, ao mesmo tempo, uma ferramenta fundamental para a gestão saudável de equipas em bom ambiente de trabalho colaborativo.

 

A liderança inclusiva engloba uma variedade de traços em que os líderes confiam para procurar e abraçar diferentes perspetivas. Estas características permitem apoiar tomadas de decisão eficazes, ajudam a encontrar talentos diversos entre as equipas e a colaborar com os colegas de forma a motivas as pessoas para o sucesso individual e partilhado.

 

Os líderes inclusivos tendem a estar mais conscientes dos seus próprios preconceitos e preferências, uma perceção que lhes permite serem mais pacientes, ouvir ativamente as suas equipas com maior abertura para integrar na sua liderança novas ideias e formas de pensar, mais eficientes e eficazes em benefício das empresas. O impacto positivo na produtividade e o bem-estar das pessoas são as consequências mais óbvias deste estilo de liderança.

 

As empresas e organizações que empregam líderes inclusivos são frequentemente mais propensas a atrair e reter talentos altamente qualificados, desenvolver soluções criativas e encontrar formas de atrair e beneficiar diversos mercados de clientes.

 

Saiba como reconhecer um líder inclusivo. Se ainda não é, reflita sobre as principais características deste perfil e saiba como tornar-se um líder mais forte, eficiente e atrativo no mercado de trabalho.

 

Traços chave de líderes inclusivos

 

Os líderes inclusivos são frequentemente tranquilos, ouvem e colaboram com os membros da sua equipa e colegas antes de tomarem grandes decisões ou iniciarem mudanças no local de trabalho. Têm frequentemente fortes competências transversais que lhes permitem ter sucesso na integração de um estilo de gestão inclusiva. Conheça algumas das características de um perfil de liderança inclusivo:

 

Escuta ativa

 

Os líderes inclusivos concentram-se em ouvir ativamente as suas equipas e colegas para obterem contributos e ideias de todos os envolvidos num projeto. Esta característica é necessária para uma liderança inclusiva porque lhes permite recolher informações valiosas da sua equipa que podem apoiar uma melhor tomada de decisões.

 

A liderança inclusiva também depende da escuta ativa para envolver outros em discussões que, em última análise, conduzem a melhorias nos processos globais do local de trabalho.

 

Feedback Construtivo

 

Dar feedback, oferecer métodos de melhoria ou dar à sua equipa uma nova estratégia a aplicar no seu trabalho são exemplos de como a liderança inclusiva adota o feedback construtivo.

 

Além disso, é igualmente importante solicitar o feedback da sua equipa, pois pode ajudá-lo a encontrar formas de melhorar as suas abordagens, adicionar novas estratégias de gestão ou considerar pequenas mudanças na forma como lidera e gere a sua equipa.

 

Comunicação Eficaz

 

Tal como ouvir e dar feedback são métodos importantes de comunicação com a sua equipa, iniciar e liderar discussões através do diálogo é essencial para manter uma comunicação eficaz.

 

Por exemplo, líderes fortes e inclusivos iniciam discussões durante as reuniões, destacam pontos importantes que as suas equipas devem considerar na resolução eficaz de problemas, e conduzem a conversa de forma produtiva para que cada pessoa possa oferecer informação válida para toda a equipa.

 

Empatia e Compaixão

 

Os líderes inclusivos também tendem a ser bastante empáticos para com as pessoas com quem trabalham. A empatia é crucial para uma liderança inclusiva, pois é uma característica das pessoas que procuram ativamente compreender as perspetivas, sentimentos e ideias dos outros.

 

Esta abordagem compassiva para comunicar e trabalhar com outros permite aos líderes inclusivos considerar todos os aspetos de um problema, missão ou outro processo de trabalho antes de tomar decisões importantes ou adotar mudanças importantes num projeto, tarefa ou processo.

 

Além disso, os líderes empáticos e compassivos estão mais dispostos a ser flexíveis perante as necessidades dos membros da sua equipa.

 

Criatividade

 

Pensar criativamente e permitir que outros contribuam com ideias únicas e inovadoras são traços-chave de uma liderança inclusiva. Por exemplo, é mais provável que os líderes inclusivos solicitem contribuições e considerem ideias ou métodos não tradicionais para a abordagem de novos projetos e tarefas.

 

A capacidade de pensar criativamente e de procurar soluções criativas para implementar no trabalho permite desenvolver os pontos fortes nesta área como líder inclusivo.

 

Trabalho de Equipa

 

Espírito de colaboração e capacidade de trabalhar em interação com o “outro” são traços de liderança inclusiva: são duas competências em que os líderes inclusivos demonstram a sua assertividade e eficácia.